terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Beijo de sapo...


Era uma vez, há muitos, muitos e muitos anos, uma princesinha, adolescente, beeem novinha e louca para satisfazer a curiosidade sobre como seriam esses encontros incríveis entre dois lábios insaciados que ela via tanto nos filmes e lia em histórias fantasiosas de outras princesinhas como ela.

Em seus sonhos, logicamente, tudo era perfeito, ela comeria uma maçã envenenada, ficaria desacordada e um príncipe lindo, maravilhoso, alto, gostoso e cheiroso iria beijá-la para que o encanto acabasse e ela acordasse...

Mas não foi assim...

Como eu disse anteriormente, eu era bem novinha e curiosa a respeito da vida e portanto não media esforços para satisfazer essa curiosidade, já tinha meus casinhos virtuais, com direito a pedido de namoro mesmo.

Um belo dia, uma duquesa amiga minha (que não foi amiga por muito tempo) faria uma festa de aniversário e eu chamei um dos meus namoradinhos virtuais para ir comigo. Me arrumei linda para ter (pensava eu) a primeira grande experiência da minha vida...

Cheguei lá antes de todo mundo, eu não conhecia o rapaz, nunca tinha visto foto, e esperava um príncipe, um cavaleiro, um duque, ou até mesmo um camponês ajeitadinho, mas um sapo? Não gente... nunca esperamos esse tipo de coisa, nunca estamos preparadas para esse tipo de coisa.

A duquesa correu para me avisar que ele tinha chegado, as portas do castelo se abriram, eu me arrumei, aguardei ansiosa no primeiro lance da escada e ele apareceu...

Um sapo...

Eu queria fugir, chorar, até mesmo me matar, mas todos estavam ali, os convidados esperavam que eu o apresentasse, e como uma princesa, o tratasse bem.

Sempre fui uma princesa forte, e apesar de qualquer coisa, eu imaginava que quando eu o beijasse ele se tornaria um príncipe lindo, isso só podia ser feitiço da madrasta (não é madrasta?) e depois de todas as apresentações, fui para um canto com meu sapo...

Rolou aquele silêncio das duas partes, aquele “olho no olho”, aquela aproximação devagar, os lábios chegando perto, mais perto, próximos e finalmente juntos...

Primeiro beijo dessa princesinha que vos fala, minha cabeça rodava, tudo parecia estar acontecendo muito rápido, as bocas juntas, aquelas garras me apertando, me jogando na parede, aquela língua tentando entrar na minha boca (meu pensamento era apenas um ‘ECA!’), aquela boca cheia de saliva apertando a minha, um momento que não acabava nunca, até que ele se afastou, olhou bem nos meus olhos e disse:

- Abre a boca Branca.

Abre a boca? ABRE A BOCA? Abre a boca o c*, e olha que nem príncipe ele virou, continuou um sapo nojento e repugnante, eu não queria “Abrir a boca”, mas eu ainda pensava “abrir a boca deve fazer ele virar príncipe” e finalmente eu abri a boca e deixei aquela língua nojenta entrar na minha linda boquinha de princesa...

ECA... ECA², ECA vezes 2, foi pior, ele babava, me deixou tooooda babada, sem contar suas 300 patas (nem sei se é pata que fala), que o faziam parecer uma aranha, me apalpando... saí correndo, fui embora, dou graças a qualquer coisa que minha carruagem estava esperando pra me levar embora correndo...

Nunca mais entrei em contato, ele chegou a mandar e-mails querendo saber o que aconteceu, eu nem sequer abri, e eu fiquei com esse trauma por um bom tempo.

Pelo menos as outras experiências me fizeram mudar de idéia a respeito de beijo, e hoje posso dizer que abro a boca com todo prazer, mas... foi constrangedor!


Povooo...gostaria de agradecer novamente todos os coments, recebemos selinhos (aiii eu fico tão feliz quando recebemos selinhos hiihi) e postaremos em breve, como precisamos das três juntas para postarmos os selinhos, isso pode demorar um pouquinho para acontecer, mas postaremos e somos eternamente gratas por toda a força que nos dão!

Beijinhos suuuper desencantados para vocês!


Um conto de Branca de Neve Desencantada

12 comentários:

Juliana disse...

Olá, o Blog 3 mentes perigosas mudou de endereco!

http://wejustwannahavesomefun.blogspot.com/

Fofa disse...

Oie Branca!!!

Eu imagino o quanto deve ter sido horrível, mas confesso que estou aqui morrendo de rir!

Beijocas

Bela Adormecida Desencantada disse...

Ai White, pena que não eramos amiga ainda, senão eu nem deixava esse sapo cururu entrar na festa!

Eu que tive um (quase) ótimo primeiro beijo -um diaeu contarei aqui- nem imagino como foi essa sua experiência desencantada!

O bom disso tudo (se é que podemos dizer assim) é que você deve ter achado os beijos que você deu após o ocorrido ma-ra-vi-lho-sos!!!!

Bjks

Sapo disse...

huahapuahpauihapuiah "Hoooooooooooooooooooly Shit!!!!!!" (como diria pac man no clipe do bloodhound gang depois de dar uma tragada no crack hauiphauiha)

pow...primeiro Bjo sempre eh desconcertado...mas essa sua história foi uma das + engraçadas q eu jah vi sobre o tema haiuphapu
não pelo fato em si...mas pela froma q contou aki huiaphapuihapuiah

soh kero deixar bem claro a TODOS que EU NÃO SOU ESSE SAPO DA HISTÓRIA DELA! huíhauahpauihapuahuih

Eu e a solidão disse...

Toda tragédia tem seu lado cômico, pelo menos nesses casos de sapos...

E eu to morrendo de rir, pq todo mundo tem um caso desses pra contar...Inclusive eu rsrrsrs!! Mas abafa o caso, nem vale a pena ECA ECA!!

BEIJOS!

Cotovia disse...

...da fantasia brotam histórias reais.

Bonito.

Bella da Fera disse...

Branca,

Abre a boca??? Abre a boca o c* mesmo!!!! Ninguém merece um cara falando isso, um sapo então, nem se fala... tsc tsc
To rindo muito hahaha... desculpa mas foi hilário... peninha de vc!!! Esses sapos não deveriam sair do brejo, viu

Beijos

Gato de Botas disse...

Engraçada mesmo história rs, fazer o que?, o meu primeiro beijo foi com a minha prima, até que foi bom, mas é dificil o primeiro beijo ser ótimo, até porque a gente nem tem tanta experiencia quando ocorre da primeira vez, mas claro que se for com um principe/princesa encantado, já é uma grande ajuda pra ser ótimo rs

Fofa disse...

Oi Fofinha!!!

Adorei todos os seus comentários...
Vou fazer uma "confissão", também sofro desse "mal" de chamar a todos de fofa, fofo, e por ai vai... Exatamente por isso acabei virando A FOFA! rs

Que bom que resolveu o probleminha com seu príncipe, acho que nessas horas o alívio é realmente a melhor sensação do mundo...

Se cuida!

Beijocas FOOOOOOOOOOOOFA!!!!

Lee Holloway disse...

Meu primeiro beijo não foi dos piores, mas essa história foi de babar de rir!

Fora a falta de delicadeza dele pedindo pra vc abrir a boca. Isso não se pede, se mostra com habilidade.

Olha, beijei algumas bocas por aí desde minha primeira vez e acho que apenas uma vez o beijo não era grande coisa... E pior é que eu gostava demais do cara. Mas sabe quando o beijo não encaixa de jeito nenhum? Pois é... não durou muito...

Beijo, Branca! Adorei a história!

Marrie disse...

Ai meu Deus!! vixe!! coitada!!! nao queria estar na sua pele!!
Ui! chega senti a terrivel sensaçao de estar desse jeito!!
Quem ta traumatizada sou eu!!

Bju!

Fofa disse...

Oi Fooooooofa!!!!

To aqui rindo, mas vc tem toda razão, não tem coisa melhor do que matar quem esta nos matando, seja a fome ou a vontade de comer! rs
Agora eu preciso aprender a lidar com a espera...

Fácil!!!!!!!!!!!
Affe...

Beijocas foooooooofa!